4 eventos bizarros que a Ciência ainda não conseguiu explicar

1 – Intuição

Como, afinal, explicar aquela sensação antecipada de que uma coisa vai ou não acontecer? Você é do tipo que vive dizendo ter “sexto sentido”? Muitas vezes essas sensações correspondem com o que acontece na realidade. Seria algo relacionado à probabilidade ou se trata mesmo de algum evento paranormal? Coincidência?
A Psicologia explica que seres humanos são acostumados a colher informações o tempo todo a respeito das coisas que o cercam, e que esse é um processo subconsciente. Isso faz com que as pessoas, muitas vezes, se deparem com informações que elas não sabem como adquiriram. Ainda assim, casos de intuição são difíceis de estudar, pois a Ciência trabalha sempre com provas, e a Psicologia pode ser apenas uma parte dessa história.
2 – Fantasmas
Por mais cético que você seja já deve ter ficado com medo de encontrar algumas dessas criaturas em momentos estranhos como acampamentos com os amigos, noites chuvosas ou falta de energia elétrica. Por outro lado, há quem afirme ver criaturas de outro mundo em plena luz do dia, nos lugares mais comuns.
Como, afinal, explicar esses eventos? Algumas doenças psiquiátricas fazem com que as pessoas tenham alucinações e acreditem que estão mesmo diante de algo sobrenatural, mas muitas pessoas que afirmam ver espíritos simplesmente não têm problemas mentais. E aí, como é que fica?

3 – Déjà vu

De repente você está andando com um amigo numa rua daquela cidade que você acabou de conhecer, ele faz uma parada para comprar água e você o espera do lado de fora do boteco no qual ele entrou. Enquanto isso repara em uma menina de cabelos trançados e vestido vermelho, que passa por você, de mãos dadas com uma mulher que parece ser a mãe dela. E por algum motivo essa composição de cenas faz com que você tenha a sensação estranha de já ter passado por aquilo. Você tenta se lembrar de algum momento específico, mas não tem sucesso. Já aconteceu com você?
Esse é só um exemplo do famoso “déjà vu”, expressão francesa que significa “já visto”, mas que é comumente usada para descrever esses momentos – ainda não tem uma palavra própria em Português, quase como a nossa “saudade”, que não existe em outras línguas.
Algumas pessoas acreditam que essas sensações podem ser flashes de vidas passadas. Há quem defenda algum truque de nossa própria mente ou, ainda, quem ache que é apenas uma confusão de ideias. Enquanto a Ciência não explica, ficam as dúvidas.

4 – Extraterrestres

Outro medo comum, misturado com grande fascínio e curiosidade. Será mesmo que, dentro de um Universo tão imenso, nós somos os únicos a habitar algum planeta? Tudo bem que já conseguimos explorar alguns planetas vizinhos em nossa galáxia, mas e se há algum meio de vida além da Via Láctea? Você sabe disso? Você tem como provar que existe? Tem como provar que não existe? Pois é... Nem a Ciência.
Apesar dos inúmeros testemunhos de pessoas que afirmam já terem visto extraterrestres ou até mesmo já terem se comunicado com essas criaturas ou sido transportadas em suas naves, nada disso é, de fato, comprovado. E você? Acredita na existência desses seres?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.