“SBT Manhã” com César Filho será transformado em revista eletrônica para ter ações de merchandising




De Acordo com o site TV FOCO. O SBT passará a vender ações de merchandising em seu telejornalismo. O telejornal comandado por César Filho, que é exibido das 7h às 9h, está dando prejuízo à emissora de Silvio Santos, segundo informa o jornalista Daniel Castro.
O merchandising, um tipo de anúncio que as redes de televisão não gostam de inserir em seus noticiários por comprometer a credibilidade do jornalista, é visto como a salvação da atração.
Alguns setores lá na Anhanguera vinham defendendo a troca do “SBT Manhã” por programas enlatados, mais baratos e algumas vezes eficazes no Ibope, coisa que é bem do tipo do SBT, que prefere trocar conteúdo nacional por atrações de fora. A troca seria motivada, porque o telejornal tem custos muito altos com imagens de helicóptero, mas ganhou uma nova chance.
Para exibir merchandisings, o SBT irá realizar algumas mudanças no telejornal, uma delas será separá-lo do “SBT Manhã – 1ª Edição”, que é apresentado por Hermano Henning e Joyce Ribeiro e é pré-gravado.
No próximo mês, o “SBT Manhã” com César Filho ganhará novo nome e cenários e passará a ser chamado de revista eletrônica. O conteúdo do programa não vai mudar, visto que o telejornal já é descontraído e conversado, apoiado no apresentador César Filho e em reportagens.
A mudança do “SBT Manhã – 2ª Edição” para revista matinal é apenas uma desculpa para se inserir merchandising no programa, coisa que a Record já faz no “Balanço Geral” e a Band, no “Brasil Urgente”.
O “SBT Manhã” já exibe o logotipo da Jequiti, empresa do Grupo Silvio Santos. Agora, terá testemunhais, em que César irá recomendar produtos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.