Canal Brasil emite comunicado desmentindo polêmica envolvendo o nome do presidente Jair Bolsonaro


A cerimônia de encerramento do Festival de Gramado ocorreu na noite do último sábado (23/08) e foi transmitida ao vivo pelo Canal Brasil. Colunista do jornal “O Dia”, Fábia Oliveira publicou um post nesta segunda-feira (26/08) relatando que houve “uma reunião de membros da emissora, que receberam ordem de cortar a transmissão caso algum artista falasse mal do presidente Jair Bolsonaro”.
Em nota à imprensa, o Canal Brasil desmentiu a jornalista no comunicado abaixo e ainda afirmou que prima pela liberdade de expressão.
“O Canal Brasil nega veementemente a informação publicada pela colunista Fábia Oliveira, do Jornal O Dia, de que a transmissão da Cerimônia de Encerramento do Festival de Cinema de Gramado seria interrompida caso algum artista falasse mal do presidente Jair Bolsonaro. Tal hipótese é, inclusive, tecnicamente inviável, uma vez que a transmissão foi feita ao vivo em todas as plataformas. Como havia sido planejado e divulgado pelo canal, a cerimônia foi ao ar em tempo real e sem cortes ou intervalos. A noite foi extremamente politizada, com críticas feitas – e transmitidas – por diversos artistas e comentadas inclusive pelos apresentadores do canal. O Canal Brasil prima pela liberdade de expressão, pluralidade de discursos e diversidade e refuta qualquer tipo de censura”.
Fonte: Bastidores da Tv 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.