Flamengo coloca complexo do Maracanã à disposição do governo do Rio na luta contra o coronavírus


O Flamengo informou que colocou à disposição do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Prefeitura da capital fluminense o Ginásio Hélio Maurício, na Gávea, zona sul do Rio, para que as instalações sejam usadas por autoridades em ações de combate ao coronavírus. O Ginásio fica praticamente em frente ao Hospital Municipal Miguel Couto, no mesmo bairro.

Em nota distribuída à imprensa, o Flamengo afirmou estar também à disposição “para ajudar em qualquer ação projetada para o complexo Maracanã/Maracanãzinho”, o estádio de futebol e dependências, que pertence ao governo estadual, mas é atualmente administrado pelo clube junto com o Fluminense Futebol Clube.
Outros clubes do futebol brasileiro colocaram suas estruturas à disposição das autoridades para ajudar as vítimas do novo coronavírus. No Estado de São Paulo, Santos, São Paulo e Corinthians disponibilizaram seus centros de treinamentos, estádios e clubes sociais.  O Bahia ofereceu o Fazendão, seu antigo CT, e o governador Rui Costa (PT) já afirmou que vai transferir para lá os pacientes que não precisam de tratamentos complexos. O Athletico-PR colocou a Arena da Baixada e o CT do Caju à disposição dos órgãos de saúde do Paraná.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.