Fátima Bernardes detona ministro de Bolsonaro e pede adiamento do Enem


Fátima Bernardes dedicou quase 30 minutos do Encontro, da Globo, desta terça-feira (12), ao debate sobre o calendário do Ministério da Educação a respeito do Enem 2020. O Ministro Abraham Weintraub manteve as datas da prova para o segundo semestre e recebeu um sermão da contratada da Globo.

A apresentadora defendeu a reavaliação das datas e lembrou o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que o mundo “vive um momento único” por causa da Covid-19. “Tudo está sendo relativizado, tudo tem que ser avaliado isoladamente”, recomendou.

Fátima Bernardes lamentou a posição do governo e lembrou que 2020 “não é um ano igual aos outros”“Tem que ser feito um planejamento diferente, e tem que haver flexibilidade para avaliar um caso como esse, e não ser tratado como um ano qualquer. Esse não é um ano qualquer”, argumentou ela.

A jornalista citou a declaração do Ministério da Educação, que entendeu como “prematuro” o debate sobre o adiamento das provas, pois “não se sabe quanto tempo vai durar a pandemia”. A nota da pasta comandada por Weintraub encerrou dando importância de manter o calendário “para que candidatos possam se preparar”.

A apresentadora, então, rebateu a posição do auxiliar do presidente. “Bom, que o candidato precisa se preparar ele sabe… Ele precisa ter condições de se preparar. Querer, desejar, todo mundo deseja”, criticou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.