“Programa do Jô” ganha nova classificação indicativa e pode exibir cenas fortes




O talk show comandado por Jô Soares, agora é proibido para menores de 12 anos. E a mudança foi pedida pela própria Globo, e atendida pelo Ministério da Justiça reclassificou o programa nesta terça-feira (18), como inadequado para veiculação antes das 20h. O “Programa do Jô” é sempre exibido depois da meia-noite, isso acontece desde abril de 2000, quando estreou na Globo, era classificado como livre para todos os públicos.
A reclassificação não terá nenhum impacto no conteúdo da atração, que voltou a ser exibida na última segunda-feira (17). Trata-se apenas de um ajuste interno da Globo para que seus programas fiquem adequados às novas normas da Classificação Indicativa, editadas há um mês.
Pela nova classificação, o “Programa do Jô” poderá exibir imagens de violência com sofrimento da vítima, sangue, bullying, assédio sexual e nudez velada.
De umas semanas para cá, a Globo vem adotando critérios mais rígidos de Classificação Indicativa. Na semana passada, a própria emissora indicou ao Ministério da Justiça que a nova novela das seis, “Meu Pedacinho de Chão”,  é inadequada para menores de 10 anos.
O programa “A Tarde é Sua”, apresentado por Sonia Abrão também adotou a classificação de 10 anos. Nesse caso, a Rede TV! classificou a atração porque programas ao vivo agora têm de ser classificados. Da mesma forma, o “Encontro com Fátima Bernardes” também recebeu selo do Ministério da Justiça, neste caso, de livre para todos os públicos.
Programas impróprios para menores de 10 anos admitem doses muito leves de violência, sexo e drogas, como presença de armas de fogo, tensão e medo, conteúdos educativos sobre sexo e descrições sobre drogas.
Com informações do SITE TV FOCO

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.