Bolsonaro crítica a Globo e ironiza Drauzio Varella em pronunciamento


Bolsonaro (sem partido) fez um pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio, na noite desta terça-feira (24), bem polêmico. Em gravação, o presidente chegou a criticar a imprensa, alfinetou a Globo e ainda ironizou Drauzio Varella.

Em declaração, o político pediu a reabertura do comércio e das escolas e o fim do “confinamento em massa”, que são medidas utilizadas no combate ao novo coronavírus, que já deixou 48 mortos no país.

No entanto, de acordo com Bolsonaro, veículos de comunicação espalharam “a sensação de pavor” e potencializaram um cenário de histeria. Ele também alegou que a imprensa baseou-se no alto número de mortos na Itália para projetar uma situação semelhante no Brasil.

“Grande parte dos meios de comunicação foram na contramão. Espalharam exatamente a sensação de pavor, tendo como carro chefe o anúncio de um grande número de vítimas na Itália, um país com grande número de idosos e com um clima totalmente diferente do nosso. Um cenário perfeito, potencializado pela mídia, para que uma verdadeira histeria se espalhe-se pelo nosso país”, disparou o presidente.

Jair Bolsonaro ainda ironizou, de forma indireta, Drauzio Varella e a Globo, ao chamar o coronavírus de “gripezinha” ou “resfriadinho”, fazendo referência a um termo utilizado pelo médico em uma gravação feita em janeiro de 2020.

 No domingo (22), inclusive, o especialista alertou no Fantástico que o vídeo foi gravado quando o coronavírus ainda não havia chegado ao Brasil e que estava sendo usado agora de má-fé. “No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus, não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho, como bem disse aquele conhecido médico daquela conhecida televisão”, finalizou ele.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.