Confirmada primeira morte por novo coronavírus no Brasil


O governo do estado de São Paulo registrou nesta terça-feira (17) a primeira morte causada pelo novo coronavírus no Brasil. Trata-se de um homem de 62 anos que sofria de hipertensão e diabetes, informou durante uma entrevista coletiva, David Uip, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo.
Uip afirmou que a vítima sentiu os primeiros sintomas no dia 10 de março, foi diagnosticada com a COVID-19 em um laboratório privado, internada no dia 14 de março e morreu nessa segunda (16). Hoje, veio a confirmação de que a doença foi a causa da morte. Como a vítima não tinha viajado, trata-se de um caso de transmissão comunitária
Em entrevista coletiva à tarde, Uip acrescentou que outras quatro pessoas morreram na mesma rede de hospitais onde a primeira vítima foi atendida. Entretanto, a causa dessas mortes ainda estão sob investigação. 
Em nota, o grupo Prevent Senior disse que a morte aconteceu no Hospital Sancta Maggiore no bairro do Paraíso, na capital paulista. "Na manhã desta terça-feira, dia 17, a instituição privada de diagnóstico enviou o resultado do exame do paciente, comprovando a infecção pela doença COVID-19. A atenção médica prestada ao paciente seguiu rigorosamente todos os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde", diz a nota.
São Paulo é o estado com mais casos de COVID-19 no país, que tem 234 casos confirmados da doença. O estado, sozinho, tem 152 casos.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), há 168.019 casos confirmados da doença COVID-19 no mundo. De acordo com a OMS, foram registradas 6.610 mortes no mundo derivadas do novo coronavírus, que chegou a 148 países ou territórios.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.