Doria rebate Bolsonaro: 'estamos fazendo o que ele não faz, liderar'


O governador de São Paulo, João Doria Jr (PSDB), rebateu hoje uma declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e disse que os governadores estão fazendo o papel que seria dele, que é o de liderar em um momento de pandemia pelo novo coronavírus. Mais cedo, em Brasília, Bolsonaro criticou o que chamou de medidas extremas, como "fechar fechar shoppings e feiras. Ele não citou especificamente Doria, mas o governador de São Paulo defendeu a postura.
"Estamos fazendo o que ele (Bolsonaro) não faz, que é liderar processos, liderar a luta contra o coronavírus, não minimizar processos. Compreender a importância do respaldo da informação científica e da área da medicina e estabelecer diálogo e entendimento com prefeitos e governadores", disse. "Lamento dar essa informação de que estamos fazendo aquilo que deveria caber ao líder do país, que é o presidente Jair Bolsonaro, e que, lamentavelmente, ele não faz. E quando faz, faz errado", completou. A declaração de Bolsonaro veio na esteira de medidas que estão sendo tomadas pelo estado para conter a disseminação do novo coronavírus. 

"Tem certos governadores, criticando de novo, que estão tomando medidas extremas, que não competem a eles. Fechar aeroporto, fechar rodovias, não compete a eles. Fechar shopping, etc, fechar feira... Se o comércio para, o pessoal não tem o que comer", disse Bolsonaro. "Precisamos de medidas equilibradas e não levar pânico. Daqui a pouco vão ter problemas de saques, temos que buscar evitar isso. Evitar que a curva seja acentuada. Vamos superar juntos isso aí", completou.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.