OMS diz que há crianças entre os mortos pelo novo coronavírus



A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira (16) quhe á registro de morte de crianças entre as vítimas do novo coronavírus. A técnica-chefe da OMS, Maria Van Kerkhove, disse que não há muitos dados sobre como essa doença afeta as crianças e nem divulgou números, mas pela primeira vez a entidade divulgou que crianças morreram por causa da doença.
Duante a entrevista coletiva em Genebra, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, disse que cerca de 1,5 milhão de testes para o COVID-19 foram enviados a 120 países.
"Estamos trabalhando com empresas para aumentar a disponibilidade de testes para os mais necessitados", disse Adhanom. "O modo mais eficaz de prevenir infecções e salvar vidas é quebrar as correntes de transmissão, e para fazer isso é preciso fazer o teste e ficar em isolamento. Não se pode combater um incêndio sem ver e não podemos parar essa pandemia se não soubermos quem está infectado", afirmou ele.
"Temos uma simples mensagem para todos os países: teste, teste, teste", ressaltou Adhanom.
Van Kerkhove disse que "o motivo porque estamos tão agressivos em nosso comunicado sobre encontrar todos os casos e fazer os testes é porque precisamos saber onde esse vírus está". "É importante não desistir. Precisamos encontrar todos esses casos para que possamos isolá-los e reduzir o risco de transmissão continuada", afirmou ela.

FONTE: CNN BRASIL

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.