SP vai entrar em estado de calamidade pública e fechar Detrans e Poupatempo


O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse hoje que o estado agora possui 7.102 casos positivos de coronavírus. Nova York testou mais de 32.000 pessoas, disse Cuomo.

Cuomo observou que, como o estado está realizando mais testes, você "terá mais casos positivos".

Ele disse que o estado tem "os testes tão altos que estamos testando mais per capita do que O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta sexta-feira que o estado entrará em estado de calamidade pública a partir deste sábado em função da disseminação do novo coronavírus. A mesma medida valerá para a capital, segundo informou o prefeito Bruno Covas (PSDB).

De acordo com a legislação, o reconhecimento do estado de calamidade pública permite que o poder público faça compras sem licitação e suspende prazos para ajustes de despesa de pessoal e dos limites de endividamento.

"A medida não é para criar nenhum pânico e permitir uma atuaçao mais rápida dadas as característas que o estado de calamidade permite. O decreto simplifica compras e contratações de serviços essenciais e protege os gestores", afirmou o governador.

A partir de segunda, serviços considerados não essenciais terão suas portas fechadas, o que inclui parques, zoológicos, unidades de conservação e equipamentos esportivos sob administração do estado. Medidas semelhantes serão aplicadas aos parques municipais, como o Ibirapuera.

As unidades do Poupatempo e dos Detrans também serão fechadas a partir de segunda-feira. O atendimento será apenas online ou por telefone. Segundo o governo, todas as medidas de restrição valerão até 30 de abril — mas as datas poderão ser revistas.

O governo estadual também liberou oficinais de manutenção para funcionarem durante o prazo em que o comércio deverá permanecer fechado para que ambulâncias e motocicletas possam receber atendimento — a exceção não vale para concessionárias e revendas de veículos.

FONTE: CNN


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.