China aprova lei de segurança nacional e causa protestos em Hong Kong



Em meio aos protestos a favor da democracia e pressão dos Estados Unidos, a China aprovou nesta quinta-feira (28) a lei de segurança nacional para silenciar opositores em Hong Kong.

No placar praticamente a aprovação foi por unanimidade, quase 2900 votos a favor, um contra e seis abstenções levaram adiante a polêmica lei de segurança nacional, que vai criminalizar em Hong Kong, o que o regime de Pequim considera traição, separatismo, subversão, terrorismo e interferência estrangeira.

O texto aprovado deve levar dois meses para entrar em vigor, um dos objetivos é parar a onda de protestos que começou em junho do ano passado, parou no começo da pandemia de Covid-19 e voltou a desafiar Pequim, com confrontos entre manifestantes e a tropa de choque.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.